Descomplicando os anticoncepcionais: Como evitar gravidez?

Quais as causas da incontinência urinária durante a gravidez?
23 de novembro de 2018
Saiba porque falamos tanto sobre endometriose
14 de Janeiro de 2019

 

Acredito, verdadeiramente, que quanto mais as mulheres se conhecerem e souberem o funcionamento do seu corpo, mais fácil e prático fica a vida. Além disso, faz parte da vida de toda mulher decidir ou não se deseja engravidar, como e com quem. Por isso, começarei uma série de post para desvendar as dúvidas mais frequentes das mulheres sobre os anticoncepcionais.

Atualmente, há diversos métodos anticoncepcionais disponíveis no mercado, mas será que você conhece todos eles?

Os métodos anticoncepcionais são divididos em dois grandes grupos: reversíveis e definitivos.

Os métodos reversíveis englobam todos aqueles, em que caso a mulher mude de idéia, é possível retorna imediatamente a capacidade de engravidar. Na lista de métodos reversíveis estão: métodos de barreira, comportamentais, hormonais, intrauterinos e os de emergência.

Já os métodos definitivos, são aqueles em que como o nome já diz são feitos após decisões permanentes, ou seja o casal ou a mulher não desejam mais ter filhos. Assim, no caso da mulher a laqueadura (ligadura das tubas uterinas), salpingectomia (retirada das tubas uterinas) ou histerectomia (retirada do útero) são métodos definitivos. Exceto nos casos de retirada de útero, se a mulher quiser engravidar, somente será possível com métodos de reprodução assistida como a fertilização in vitro. No casos dos homens, há a vasectomia, em que há um procedimento cirúrgico para cortar o canal que leva os espermatozoides dos testículos ao pênis.

Não deixe de conversar com o seu médico e tirar todas as suas dúvidas.

Beijos
Dra. Priscila K. Matsuoka | Ginecologia e Obstetrícia | CRM 133872
Sem conflitos de interesse a declarar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *