Vulvodínia causa dor e desconforto para as mulheres

Endometriose engorda?
23 de Abril de 2018
Minha bexiga caiu, e agora?
16 de Maio de 2018

A vulvodínia é uma dor crônica na região vulvar. Comumente, mulheres com este problema se queixam de uma sensação de ardor local, dor forte principalmente a penetração, ao toque ou ao utilizar algumas roupas mais justas.

O problema pode tornar o contato íntimo doloroso, proporcionando sintomas que duram horas e até mesmo dias após a relação sexual.

Afeta mulheres de toda idade, no entanto, é comum que os sintomas surjam entre os 18 e 25 anos. As causas de seu surgimento não são conhecidas, mas alguns fatores como dor neuropática, abuso sexual prévio, fatores genéticos, problemas ou disfunções no assoalho pélvico, alterações hormonais ou nas vias nervosas podem estar relacionados à vulvodínia.

Para diagnosticar a doença, o ginecologista realizará exames de observação e toque, com o objetivo de identificar os locais que possuem sensibilidade ou dor.

O tratamento da vulvodínia varia com a intensidade dos sintomas. Pode incluir a utilização de pomadas e medicamentos orais, terapia e fisioterapia. Em casos específicos pode realizar botox local.

O principal é a mulher saber que este é que problema que tem tratamento e não é frescura!!!!

Sua saúde e a saúde de sua família são muito importantes, cuide com muito carinho. Por isso, em caso de dúvidas procure um profissional capacitado para atendê-los integralmente. As informações neste site pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança.

Dra. Priscila K. Matsuoka | Ginecologia e Obstetrícia | CRM 133872
Sem conflitos de interesse a declarar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *