Você tem períodos menstruais dolorosos? Saiba o que é!

Vamos Falar sobre o câncer de mama?
3 de outubro de 2017
Tenho abordo de repetição. O que devo fazer?
20 de outubro de 2017

Dismenorreia. Esse nome complicado, nada mais é do que a cólica menstrual de forte intensidade, antes ou durante o período menstrual.
Podemos classificá-la em dois tipos: primária ou secundária. ⤵️

A dismenorreia primária é a que mais frequentemente afeta as mulheres, caracterizada por uma cólica menstrual forte que surge sem que haja alguma doença ginecológica associada.
A dismenorreia secundaria é decorrente de problemas no sistema reprodutor feminino, tendo como principais causas a endometriose, miomas, pólipos, infecções ou inflamação pélvica, entre outras. Neste caso, a cólica pode se iniciar até duas semanas antes da menstruação e persistir durante todo o ciclo.

É extremamente comum achar que a cólica intensa é um sintoma natural do ciclo menstrual, porém é muito importante estar atenta à intensidade e frequência das dores. Se os analgésicos simples não melhoram sua dor, ou você precisa ir ao hospital tomar remédios na veia, ou você até precisa faltar ao trabalho todo mês por conta disso é preciso procurar ajuda!!!
A dismenorreia tem tratamento, independente de sua origem. Quanto mais precoce tratarmos, mais leve fica a vida e melhor a qualidade de vida.

Procure um ginecologista caso note alguma anormalidade durante o período. Com o diagnóstico adequado é possível tratar a doença e, consequentemente, reduzir as cólicas extremamente dolorosas.

Sua saúde e a saúde de sua família são muito importantes, cuide com muito carinho. Por isso, em caso de dúvidas procure um profissional capacitado para atendê-los integralmente. As informações neste site pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança. 💕💕
Beijos 💋

Dra. Priscila K. Matsuoka | Ginecologia e Obstetrícia | CRM 133872
Sem conflitos de interesse a declarar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *