A toxina botulínica contribui no controle dos sintomas da bexiga hiperativa

4 cuidados que você precisa ter com a saúde íntima no Verão!
24 de novembro de 2017
Você sabe o que é Cistite Intersticial?
24 de novembro de 2017

A síndrome da bexiga hiperativa (BH) é uma condição caracterizada pelo desejo súbito e frequente de urinar, acordar mais de uma vez de noite para urinar, dor ao urinar e sentir a bexiga sempre cheia. Pode ser decorrente de inúmeras causas, porém a idade e o sexo feminino são importantes fatores de risco para a perda involuntária do controle da bexiga, trazendo um enorme prejuízo para a qualidade de vida.

A boa notícia é que tem tratamento! Incialmente o tratamento da bexiga hiperativa é fisioterápico e medicamentoso. A indicação do procedimento ideal vai depender da intensidade dos sintomas da bexiga hiperativa. Em casos mais avançados e refratários aos tratamentos iniciais, uma alternativa que vem contribuindo muito para controlar os sintomas é a aplicação da toxina botulínica na bexiga. Isso mesmo! Talvez você conheça a toxina botulínica para fins estéticos, mas ela também possui outras funcionalidades que beneficiam a saúde.

Durante o procedimento, injetamos a substância diretamente na parede da bexiga através da cistoscopia, sob anestesia. O objetivo da toxina botulínica é diminuir as contrações do músculo da bexiga, fazendo com que o órgão passe a tolerar uma quantidade maior de volume, possibilitando à paciente urinar com intervalos maiores, semelhante a uma pessoa sem a condição da bexiga hiperativa.

Sente uma vontade incontrolável e frequente de urinar? Agende sua consulta.

Sua saúde e a saúde de sua família são muito importantes, cuide com muito carinho. Por isso, em caso de dúvidas procure um profissional capacitado para atendê-los integralmente. As informações neste site pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança.

Beijos
Dra. Priscila K. Matsuoka | Ginecologia e Obstetrícia | CRM 133872
Sem conflitos de interesse a declarar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *