Quais as complicações mais comuns na gravidez?

O que é o anticoncepcional subdérmico?
9 de Maio de 2017
3 exames que toda mulher deve fazer
19 de Maio de 2017

A gestação é um período no qual o corpo e o sistema imunológico da mulher passa por inúmeras transformações, deixando-a mais suscetível a desenvolver algumas doenças, sendo de grande importância o cuidado redobrado nesse momento tão especial.

Para garantir uma gestação tranquila e segura para mamãe e bebê, é fundamental realizar o acompanhamento pré-natal e adotar um estilo de vida saudável. As complicações mais conhecidas que oferecem risco à vida da gestante incluem:

Cistite: é uma das afecções mais comuns, pois, as mudanças que ocorrem no organismo da mulher, durante esse período, favorecem o desenvolvimento de bactérias no trato urinário. Devido à queda da imunidade da gestante existe risco de uma infecção do trato urinário complicar para infecções no rim, como a pielonefrite ou até mesmo a sepse.

Candidíase: é uma inflamação do trato genital feminino por um fungo, chamado Candida albicans, que provoca desconforto, corrimento vaginal esbranquiçado e coceira. Este simples corrimento se não tratado adequadamente pode levar a rotura prematura da bolsa amniótica.

Pré-eclâmpsia: ocorre o aumento da pressão arterial, principalmente após a 20ª semana de gestação, associada a proteinúria (saída de proteína na urina) . Se não tratada precocemente, pode complicar a gravidez, trazendo risco de morte para mãe e bebê.

Diabetes gestacional: é a diabetes diagnosticada durante a gravidez, e se não bem controlada pode levar a prematuridade e complicações na gravidez.

Hiperêmese gravídica: é caracterizada pelo vomito excessivo durante a gestação. É comum sofrer de enjoos nessa fase, porém, neste caso, a náusea é tão intensa que causa desidratação e perda de peso.

A Dra. Priscila Matsuoka realiza pré-natal de alto risco em seu consultório. Marque uma consulta para mais informações.

Sua saúde e a saúde de sua família são muito importantes, cuide com muito carinho. Por isso, em caso de dúvidas procure um profissional capacitado para atendê-los integralmente.

As informações neste site pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança.

Beijos,


Dra. Priscila K. Matsuoka
Ginecologista e Obstetra
CRM 133872
Sem conflitos de interesse a declarar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *