Cirurgia Minimamente Invasiva

Na técnica da cirurgia minimamente invasiva em Ginecologia utiliza-se óticas (câmeras) para acessar a cavidade uterina (no caso da histeroscopia) ou cavidade abdominal e pélvica (no caso da laparoscopia) e realiza-se a cirurgia completa com menor agressão ao organismo.

 

Vantagens

  • Menos dor
  • Melhor preservação dos nervos (nerve sparing)
  • Recuperação mais rápida do paciente para retornar às atividades
  • Menor sangramento
  • Cicatriz menor
  • Menor permanência no hospital
 

Dra. Priscila realiza

Tratamento cirúrgico por histeroscopia de:

  • Miomas submucosos
  • Pólipos endometriais ou endocervicais
  • Septo intra-uterino
  • Retirada de DIU perdido (Dispositivo intra-uterino)
 

Tratamento cirúrgico por laparoscopia de:

  • Investigação de infertilidade e dor pélvica crônica
  • Cistos ovarianos
  • Histerectomia (retirada de útero)
  • Miomectomia (retirada de miomas)
  • Prolapsos genitais (prolapso de cúpula – em pacientes sem útero que apresentam prolapso do ápice da vagina)
  • Teste de perviedade de tubas - Cromotubagem
  • Endometriose superficial e profunda
  • Adenomiose