Câncer de colo de útero e de mama estão entre os 5 tipos da doença que mais atingem mulheres

Menstruar tomando anticoncepcional: Entenda o escape menstrual
29 de Março de 2018
Qual a influência da menopausa na vida sexual da mulher?
11 de Abril de 2018

O próximo dia 8 de abril é Dia Mundial de Combate ao Câncer, data criada pela União Internacional para o Controle do Câncer para conscientizar a sociedade sobre a doença, além de incentivar que o assunto seja falado rotineiramente pelas pessoas.

Nos últimos tempos a medicina avançou bastante, tornando mais fácil o diagnóstico de várias doenças, como o câncer, por exemplo. A cura dessa patologia é cada vez mais possível, especialmente com o diagnóstico precoce.

Todas essas mortes poderiam ser evitadas apenas com a prevenção. O tabagismo, sedentarismo e alimentação inadequada contribuem para o surgimento de tumores, por isso, mudanças nos hábitos já diminuem as chances de ser acometido pela doença. Outra forma de evitar problemas maiores é a detecção precoce. Por isso, seguir o conselho de ir ao médico regularmente pode fazer toda a diferença!

O câncer de colo de útero é o segundo tipo mais comum entre as brasileiras. A detecção é realizada pelo Papanicolau, exame que deve ser realizado anualmente por toda a mulher com a vida sexual ativa. Na fase inicial é possível que não haja sintomas, por isso o exame é tão importante. Em estágios avançados, pode haver sangramento vaginal e dor abdominal.

O câncer de mama é o mais comum no sexo feminino e o segundo mais frequente no mundo, perdendo apenas para o de pulmão. O autoexame e mamografia anual após os 40 anos são essenciais para descobrir os nódulos em fase inicial e menos complicados ao tratar. Sintomas como mudança no aspecto da pele e nódulos nos seios ou nas axilas devem ser investigados. Outros sinais de alerta são alterações na pele das mamas e secreção nos mamilos.

Realize sempre os exames preventivos e consultas de rotina. Sua saúde é seu bem mais precioso, por isso, cuide dela!

Sua saúde e a saúde de sua família são muito importantes, cuide com muito carinho. Por isso, em caso de dúvidas procure um profissional capacitado para atendê-los integralmente. As informações neste site pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança.

Beijos,
Dra. Priscila K. Matsuoka | Ginecologia e Obstetrícia | CRM 133872
Sem conflitos de interesse a declarar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *